Home » КАМПАНИЯ ЗА МИР БЕЗ ВЫСЕЛЕНИЙ » Zero Evictions Alert: indicates a risk situation!

Mostra/Nascondi il menu

КАМПАНИЯ ЗА МИР БЕЗ ВЫСЕЛЕНИЙ

Zero Evictions Alert: indicates a risk situation!

RSS
Документ
19 декабря 2011 г.

COMUNIDADE JARDIM ORATORIO: ATUALIZAÇÃO

Em Março de 2009 o DERSA comunicou a retirada das famílias por causa do Jacu-Pessego. O mesmo DERSA tirou fotos, fez triagem com as famílias para poder mandar os laudos. Começaram as negociações: ofereceu entre 10.000-100.000 reais para cada família; para os co-habitantes ofereceu uma unidade habitacional quitada ou a opção da carta credito (65.000 reais). Em principio os moradores ficaram indignados porque eles queriam também o valor do terreno mas não tinham o direito porque o terreno pert...
Документ
15 декабря 2011 г.

Depois de mais de 20 anos a Favela do Sapo nao existira mais!

Na favela do Sapo residem cerca de 16 famílias As famílias ocupam este território hà mais de 20 anos. Em 2008 a Prefeitura cadastrou 79 barracos para desapropriar a área para fim de limpeza do córrego e como área de risco. Em 2009 a Prefeitura retirou 68 famílias com direito à aluguel social (300 reais por mês por tempo indeterminado até sair uma moradia). A partir dessa retirada as pessoas começaram, cada dia mais, a ocupar a área até chegar a 485 famílias. Nesse mesmo ano a Prefeitura...
Документ
15 декабря 2011 г.

Comunidade Morro do Piolho sofreu despejo

O Morro do Piolho é uma pequena Comunidade localizada no Jardim Jabaquara. As famílias ocuparam este território desde 18 anos. Em 1993, Dona Izabel, com sua família, ocupou um terreno vazio na Rua Virgílio Lemos, nº 669, Vila Santa Catarina, SP, Capital. Dona Izabel imaginou tratar-se de terreno da municipalidade, já que caminhões com identificação da Prefeitura de SP despejavam o entulho local. Com o passar do tempo, mais famílias começaram a ocupar o terreno. Por volta do ano de 1995...
Документ
7 декабря 2011 г.

Comunidade Alvorada d'Oeste sofreu despejo de forma planeada

Na comunidade Alvorada D’Oeste residem cerca de 432 familias As famílias ocupam este território hà mais de 15 anos. Em 2006 os moradores receberam uma notificação judicial de um processo de reintegração de posse da CETEEP- Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista. No ano de 2007 a Sub-Prefeitura respondeu ao juiz que estava atendendo as famílias e que tinha ajustado a situação com a CETEEP. Em janeiro de 2008, a CETEEP entrou novamente com uma ação de reintegração de posse....
Документ
7 декабря 2011 г.

A Comunidade Linha do Forte está aguardando soluções

Na comunidade Linha do Forte residem cerca de 235 familias As famílias ocupam este território há mais de 5 anos. Em setembro de 2010, a policia ambiental avisou verbalmente os moradores que no dia seguinte derrubaria os barracos vazios; Derrubaram mais ou menos 15 barracos e proibiram a construção de mais. Em outubro, os moradores, com o apoio da CMP, entraram com um processo na Defensoria Publica pedindo um projeto de moradia. O processo ainda esta em fase de negociações. A SMA- Secreta...
Документ
7 декабря 2011 г.

A Favela do Tubo já sofreu despejo e esta aguardando um programa habitacional definitivo

Na favela do Tubo residem cerca de 200 famílias. Os moradores ocupam este territorio hà mais de 6 anos. Cerca de 800 pessoas viviam literalmente dentro de um ramal de esgotos à céu aberto, expostas a todo tipo de contaminação. Em 2009 a Central dos Movimentos Populares – CMP, entrou com um processo na Defensoria Publica para encaminhar os moradores para uma moradia digna. Estava tendo muita enchentes, muita doenças devidas as águas dos esgotos: leptospirose, tuberculose, hepatite. Em 20...
Документ
7 декабря 2011 г.

A Comunidade Menina Dengosa teme em sofrer despejo a qualquer momento

Na comunidade Menina Dengoza residem cerca de 78 familias As famílias ocupam este território hà 9 anos. Em 2009 a CPTM entrou com o processo de reintegração de posse: a causa foi ganha porque foi julgada a revelia. No final de janeiro de 2011, os moradores receberam uma notificação de remoção sem data marcada com a proposta de uma indenização de 1000 reais por cada barraco. Os moradores se juntaram e entraram com um processo na Defensoria Publica pedindo aluguel social até conseguirem um...
Документ
7 декабря 2011 г.

Cantinho da Paz sofreu despejo

Na comunidade Cantino da Paz residem cerca de 500 pessoas. Os moradores ocupam este terreno há 4 anos. Em Março de 2011 foi aberto um processo na Defensoria Publica por parte dos moradores: foi decidido que cada família ia receber 25000,00 reais para cada barraco caso fosse derrubado. A Defensoria então aprovou o programa habitacional e foram inscritas 53 famílias mas so 12 foram beneficiadas. Em setembro 2011 as restantes 41 famílias junto com mais 49 famílias que ainda não tinham part...
Документ
7 декабря 2011 г.

A Comunidade Mar Paulista continua a lutar ha vários anos

Na comunidade Mar Paulista residem cerca de 40 famílias. Os moradores ocupam este territorio hà mais de 30 anos. Em julho 2007, a policia ambiental compareceu na area e fez um termo circunstanciado com auto de infraçao ambiental: o motivo foi impedir a regeneraçao natural da floresta. Foi aberto um processo civil e um administrativo contra cada morador. Os moradores recorreram no Pelotao Ambiental para comprovar o contrario: eles argumentaram que nao desmataram a area; tiveram que compar...
Документ
1 декабря 2011 г.

Disputas electoralistas pone en peligro la construcción de viviendas para 200 familias

Por la disputa de cinco hectáreas de terreno, ubicadas en la Reserva Territorial, legalmente entregadas por Patrimonio del Estado a los integrantes de Antorcha Campesina, la tensión se desató entre éste grupo y el de la organización “Progresa Veracruz”, dejando como saldo al menos ocho personas heridas de ambos grupos. Todo esto es provocado por las recurrentes políticas q desenvuelven los partidos en épocas electorales en Mexico q para asegurarse el voto y el triunfo en las urnas ceden y...